• Home
  • News
  • 15/09 Chamada de artigos prorrogada até 15 de setembro: Revista Media & Jornalismo “Nova ética, velhos problemas. Desafios contemporâneos do jornalismo”

15/09 Chamada de artigos prorrogada até 15 de setembro: Revista Media & Jornalismo “Nova ética, velhos problemas. Desafios contemporâneos do jornalismo”

Foi prorrogada até 15 de setembro a chamada de artigos para a revista Media & Jornalismo “Nova ética, velhos problemas. Desafios contemporâneos do jornalismo”. Este número temático é editado por Arons de Carvalho(CIC.Digital FCSH / Nova) e por Carla Baptista(CIC.DigitalFCSH / Nova) e procura explorar e analisar os desafios éticos e deontológicos que se colocam ao jornalismo contemporâneo.

Pretendemos contribuir para valorizar a ética como uma das vias ao serviço de um jornalismo comprometido com a qualidade, diversidade e relevância da informação. As dificuldades de exercício do jornalismo que se colocam em todo o mundo, seja por multiplicação da complexidade dos problemas políticos e sociais, seja por permanência das violências, constrangimentos e manipulações que afectam a autonomia dos jornalistas, fazem deste debate uma questão vital para a sobrevivência do jornalismo e da democracia.

Será a ética capaz de resistir a um contexto de pós-verdade na política e nos media? Pode a “velha” ética jornalística servir aos novos media e responder à transformação das práticas e da identidade jornalísticas causadas pela erosão dos modelos tradicionais de negócio, pelo crescimento das plataformas digitais e pela expansão das narrativas jornalísticas? Os valores éticos que fundam a maioria dos códigos deontológicos – a procura da verdade, a independência e a minimização do mal – continuam a poder orientar as escolhas dos jornalistas confrontados com um contexto profissional cada vez mais fluido, híbrido e precário? Será que outros valores, como a transparência, ou a noção de “comunidade”, deverão ser acrescentados para fortalecer o ideal de um jornalismo mais participado pelos públicos e, nessa medida, eventualmente mais polarizado? A gestão da pegada digital dos jornalistas, designadamente o uso profissional das redes sociais, deve ser objecto de regulação? Deverão ser impostos limites aos utilizadores dos espaços de participação que se abriram aos leitores no ambiente digital, designadamente as caixas de comentários online e nas páginas de facebook? Quais as experiências de regulação mais relevantes em curso nas empresas de media em Portugal, os principais enquadramentos institucionais e os debates em curso nas redacções? Como incluir os “novos” profissionais, cada vez mais desligados da pertença a uma redacção, numa cultura ética e profissional privada de espaços (incluindo virtuais) de consensualização de valores?

Aceitam-se trabalhos que se debrucem, do ponto de vista teórico ou empírico, sobre as seguintes temáticas:

  • Dilemas e desafios éticos do jornalismo contemporâneo
  • Ética jornalística e novos media
  • Ética jornalística e identidade profissional
  • Práticas de “boundary work” e novos fenómenos no jornalismo: “brand journalism”; projectos especiais; conteúdos pagos; jornalismo patrocinado
  • Debates em torno dos enquadramentos institucionais e das formas e órgãos de regulação do jornalismo
  • Novos actores da ética jornalística: públicos, leitores, cidadãos
  • Novas articulações de valores em velhos códigos éticos e deontológicos
  • Ética jornalística e o mundo à nossa volta: precariedade dos jornalistas, jornalismo em perigo, sustentabilidade das empresas jornalísticas
  • Notícias falsas e jornalismo pós-verdade
  • Coberturas jornalísticas de casos envolvendo questões éticas: liberdade de expressão, autonomia dos jornalistas, respeito pela dignidade da vida humana, defesa da honra e da privacidade; relação com fontes de informação; storytelling jornalístico
  • Perspectivas históricas sobre valores jornalísticos
  • Independência empresarial e opacidade da estrutura accionista, sustentabilidade do modelo de negócio; precariedade dos jornalistas e desvios éticos
  • Outros temas relacionados com o número em causa

Os artigos serão sujeitos a revisão cega por pares e deverão ser enviados, com observação estrita das regras de submissão em vigor, através da plataforma OJS.

Condições para submissão e Instruções aos autores aqui.

Coordenadores da edição

Arons de Carvalho – CIC.Digital FCSH/NOVA e Carla Baptista – CIC.Digital FCSH/NOVA