ENCONTRO GT de Retórica, SOPCOM

O ENCONTRO GT de Retórica, SOPCOM vai realizar-se a 30 de maio de 2018 no Instituto de Ciência Sociais, Universidade de Lisboa pelas 10h00.
Avaliação: Os resultados da revisão dos resumos serão divulgados a 15 de Maio.

ENCONTRO GT de Retórica, SOPCOM
Sejam realistas, peçam o impossível (Soyez réalistes, demandez l’impossible):A retórica dos levantamentos e dos seus possíveis
Chamada de Trabalhos:
  Os levantamentos de Maio de 68, começados em França, pareciam representar
uma viragem única na Europa, mas os seus efeitos foram porventura menos imediatos e políticos do que culturais, artísticos e intelectuais.
O espírito de revolta, de insurgimento, a arte como elemento fundamental dessa revolta, os media enquanto instrumentos de combate , a guerra da informação e da propaganda que nesse período emergiu, surgem no momento presente como um bom princípio para pensar a conjuntura actual da política europeia e portuguesa à luz do papel que os meios de comunicação, o jornalismo mainstream, os mecanismos de propaganda explícitos que imperam e que se disfarçam agora de agentes neutros, constituindo -se como uma retórica silente ou tácita.
Se os 3Ms (Marx, Mao, Marcuse!) eram uma das palavras de ordem naquela altura, hoje parecem apenas representar o aforismo de uma estrutura simbólica com escassa ressonância.
Ora, os grupos que se criaram nesse momento, à cabeça a Internacional Situacionista, tinham uma vontade total de acção sobre o real: a nível político, artístico e comunicacional.
O mesmo aconteceu em muitas, não todas, universidades europeias, onde as ideias anticapitalistas se alastraram, embora sem terem largado o beco sem saída onde se acantonaram , como bem o referiu nos anos 70, Hans Magnus Enzensberger.
  O GT de Retórica da SOPCOM propõe à comunidade científica a realização de um encontro dos investigadores que se interessam pela intersecção entre a política, a retórica e a arte para reunirem no dia 30 de Maio no Instituto de Ciência Sociais, Universidade de Lisboa, e procederem a uma reflexão sobre as repercussões dos movimentos aí surgidos, mas também sobre a sua perda de força e dificuldades. Não se trata de fazer panegíricos, mas de uma aproximação crítica que pode conter, naturalmente, considerações ‘edificantes’ sobre a possibilidade das utopias como impulsos de mudança.
Normas:
Os resumos devem conter entre 3000 e 4500 caracteres, incluindo espaços, e ser acompanhados por 3 a 5 palavras
-chave em formato .pdf. O texto não deverá conter quaisquer formatações: Fonte: TNR, 12; espaço simples, usando aspas curvas para qualquer sublinhado. Bibliografia: APA 6th.
Referências do autor:
Nome, Instituição (caso haja) e Résumé de um máximo de 200 palavras.
O prazo para o seu envio é dia 1 de Maio, para o email:
retoricasopcom@gmail.com
Exposição:
Cada comunicação terá a duração de 20 min (max.), seguida de 20 de argumentação, a cada duas comunicações.
Avaliação:
Os resultados da revisão dos resumos serão divulgados a 15 Maio.
Comissão Científica:
António Bento (UBI)
Joaquim Paulo Serra (UBI)
José Gomes Pinto (ULHT)
José Luís Garcia (ICS, UL)
Pedro Mendonça (ISCEM e IADE/UNIDCOM)
Tito Cardoso e Cunha (UBI)
DATA:30 Maio
LOCAL:Instituto de Ciência Sociais, Universidade de Lisboa
HORA: 10.00
PROGRAMA
10.00
Orador Principal:
José Luís Garcia (ICS, UL)
Título:a divulgar brevemente
11.00 Pausa
11.30 2xAlocuções
12.30 2xAlocuções
13.30 2xAlocuções
Almoço
15.00 2xAlocuções
16.00 2xAlocuções
17.00 2xAlocuções
18.00 2xAlocuções

Support and Partners

Universidade Lusófona
Universidade Lusófona do Porto
ECATI
FCAATI
FCT
FNAC

Get in touch:

Campo Grande, 376, 1749 - 024 Lisboa | Phone: 217 515 500 | Fax: 21 757 7006