ENCONTRO GT de Retórica, SOPCOM

O ENCONTRO GT de Retórica, SOPCOM vai realizar-se a 30 de maio de 2018 no Instituto de Ciência Sociais, Universidade de Lisboa pelas 10h00.
Avaliação: Os resultados da revisão dos resumos serão divulgados a 15 de Maio.

ENCONTRO GT de Retórica, SOPCOM
Sejam realistas, peçam o impossível (Soyez réalistes, demandez l’impossible):A retórica dos levantamentos e dos seus possíveis
Chamada de Trabalhos:
  Os levantamentos de Maio de 68, começados em França, pareciam representar
uma viragem única na Europa, mas os seus efeitos foram porventura menos imediatos e políticos do que culturais, artísticos e intelectuais.
O espírito de revolta, de insurgimento, a arte como elemento fundamental dessa revolta, os media enquanto instrumentos de combate , a guerra da informação e da propaganda que nesse período emergiu, surgem no momento presente como um bom princípio para pensar a conjuntura actual da política europeia e portuguesa à luz do papel que os meios de comunicação, o jornalismo mainstream, os mecanismos de propaganda explícitos que imperam e que se disfarçam agora de agentes neutros, constituindo -se como uma retórica silente ou tácita.
Se os 3Ms (Marx, Mao, Marcuse!) eram uma das palavras de ordem naquela altura, hoje parecem apenas representar o aforismo de uma estrutura simbólica com escassa ressonância.
Ora, os grupos que se criaram nesse momento, à cabeça a Internacional Situacionista, tinham uma vontade total de acção sobre o real: a nível político, artístico e comunicacional.
O mesmo aconteceu em muitas, não todas, universidades europeias, onde as ideias anticapitalistas se alastraram, embora sem terem largado o beco sem saída onde se acantonaram , como bem o referiu nos anos 70, Hans Magnus Enzensberger.
  O GT de Retórica da SOPCOM propõe à comunidade científica a realização de um encontro dos investigadores que se interessam pela intersecção entre a política, a retórica e a arte para reunirem no dia 30 de Maio no Instituto de Ciência Sociais, Universidade de Lisboa, e procederem a uma reflexão sobre as repercussões dos movimentos aí surgidos, mas também sobre a sua perda de força e dificuldades. Não se trata de fazer panegíricos, mas de uma aproximação crítica que pode conter, naturalmente, considerações ‘edificantes’ sobre a possibilidade das utopias como impulsos de mudança.
Normas:
Os resumos devem conter entre 3000 e 4500 caracteres, incluindo espaços, e ser acompanhados por 3 a 5 palavras
-chave em formato .pdf. O texto não deverá conter quaisquer formatações: Fonte: TNR, 12; espaço simples, usando aspas curvas para qualquer sublinhado. Bibliografia: APA 6th.
Referências do autor:
Nome, Instituição (caso haja) e Résumé de um máximo de 200 palavras.
O prazo para o seu envio é dia 1 de Maio, para o email:
retoricasopcom@gmail.com
Exposição:
Cada comunicação terá a duração de 20 min (max.), seguida de 20 de argumentação, a cada duas comunicações.
Avaliação:
Os resultados da revisão dos resumos serão divulgados a 15 Maio.
Comissão Científica:
António Bento (UBI)
Joaquim Paulo Serra (UBI)
José Gomes Pinto (ULHT)
José Luís Garcia (ICS, UL)
Pedro Mendonça (ISCEM e IADE/UNIDCOM)
Tito Cardoso e Cunha (UBI)
DATA:30 Maio
LOCAL:Instituto de Ciência Sociais, Universidade de Lisboa
HORA: 10.00
PROGRAMA
10.00
Orador Principal:
José Luís Garcia (ICS, UL)
Título:a divulgar brevemente
11.00 Pausa
11.30 2xAlocuções
12.30 2xAlocuções
13.30 2xAlocuções
Almoço
15.00 2xAlocuções
16.00 2xAlocuções
17.00 2xAlocuções
18.00 2xAlocuções

Support and Partners

Universidade Lusófona
ECATI
FCT
FNAC

Get in touch: